Esudpam divulga resultado de recursos referentes à prova subjetiva e classificação geral dos candida


A Escola Superior da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (Esudpam) divulgou, nesta segunda-feira, dia 05 de junho, o Edital de Divulgação do resultado da análise dos recursos quanto à prova subjetiva e da classificação geral dos candidatos aprovados no Programa de Residência Jurídica (PRJ) da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM). O edital está publicado no Diário Oficial Eletrônico e no link da Esudpam, ambos no site da Defensoria Pública - www.defensoria.am.def.br. No documento, constam os recursos deferidos e os rejeitados, além das justificativas para o resultado de cada análise. O edital contém, ainda, a lista geral dos candidatos aprovados na Residência Jurídica e a lista dos candidatos portadores de deficiência aprovados.

O exame de seleção é destinado ao preenchimento de 10 vagas de alunos-residentes bacharéis em Direito e advogados. Os aprovados participarão do Programa de Residência Jurídica e receberão uma bolsa-auxílio no valor de R$ 2.100.

Conforme o Edital n° 002/2017-ESUDPAM, que trata do Exame de Seleção e também está disponível no site da DPE-AM, as 10 vagas do Programa de Residência Jurídica deverão ser preenchidas pelos candidatos aprovados na seleção que comprovem ter obtido o título de Bacharel em Direito. Os aprovados serão convocados, por ordem de classificação, ficando a critério da administração da instituição, em caso de surgimento de vagas, convocar candidatos constantes do cadastro de reserva, observada a ordem de classificação.

A Esudpam comunica que a convocação dos 10 candidatos aprovados, incluindo os portadores de deficiência, será feita pelo defensor geral, sendo de responsabilidade do candidato o acompanhamento do certame, por meio das publicações no site da Defensoria - www.defensoria.am.def.br, no Diário Oficial Eletrônico da instituição.

No momento da convocação para matrícula no PRJ, o aprovado deverá apresentar os seguintes documentos: cédula de identidade; CPF; título de eleitor; comprovante de quitação eleitoral; certificado de quitação com o serviço militar (se homem); comprovante do título de Bacharel em Direito e de colação de grau; e certidões negativas criminais e disciplinares dos órgãos e/ou entidades a que esteja vinculado.

O processo seletivo tem validade de um ano, a contar da publicação do resultado final, prorrogável por igual período.

#PRJ #EsudpamDPEAM #Esudpam #DPEAM

329 visualizações