Grupo de Trabalho Itinerante percorre municípios do interior somando 10,8 mil atendimentos da Defens


A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) tem percorrido os municípios do Amazonas para levar assistência jurídica gratuita à população, através dos serviços prestados pelo Grupo de Trabalho Itinerante do Interior (GTI). De janeiro a maio deste ano, foram percorridos dez municípios, somando 10.800 atendimentos, incluindo os que são realizados pelo GTI na sede da DPE-AM, em Manaus, e as ações realizadas em parceria com o programa Defensoria Itinerante. A maioria dos atendimentos está sendo feita nas áreas de família, registros públicos e criminal e as visitas aos municípios também têm servido para a realização de inspeções a unidades prisionais.

O subdefensor público geral, Antônio Cavalcante, que coordena os trabalhos do GTI, ressalta que os dados sobre os atendimentos feitos pelo grupo são uma prova do esforço e do comprometimento que a Defensoria Pública tem para o atendimento de todo o Estado. “Nós temos colegas extremamente comprometidos e temos uma direção que está realmente comprometida. Os números de atendimentos aos municípios do interior são uma prova inequívoca, numeral, matemática de que estamos atendendo o interior. Os números falam por si”, avalia.

De janeiro a maio deste ano, o GTI percorreu os municípios de Manicoré, Maués, Presidente Figueiredo, Eirunepé, Tabatinga, Borba, Tefé, Lábrea, Parintins e Manacapuru. Do total de atendimentos, 5.125 são iniciais, 3.692 são petições, 775 são audiências (judiciais e extrajudiciais) e 1.208 são outros serviços diversos. As principais demandas da população têm sido na área de família, com ações de alimentos, divórcios e dissolução de união estável, na área de registros públicos, com retificação de registros, e o acompanhamento de processos de réus presos.