"Preenchimento de todas as comarcas do interior do Amazonas revela maturidade econômica do TJ-A


O defensor público-geral, Rafael Barbosa, afirmou, durante a posse dos novos juízes de carreira, realizada na manhã desta quarta-feira, que a presença dos magistrados em todas as comarcas do interior representa um feito histórico e um ganho sem precedentes para a população do Amazonas. “Este é um estado fora de qualquer padrão comparativo, de dimensões continentais e custos elevados para manutenção de estruturas administrativas. O preenchimento de todas as comarcas revela a maturidade econômica que o Tribunal de Justiça atingiu agora e quem ganha é o cidadão que precisa da Justiça e pode tê-la ao alcance a partir destas nomeações ”, disse Rafael.

Ele observou que a Defensoria Pública do Estado está seguindo um planejamento estratégico para se fazer presente no interior do Estado com a implantação de polos que atendem o município onde estão instalados e a região vizinha.

No mês passado foi inaugurado o pólo de Parintins, que atende também os moradores de Barreirinha, Nhamundá e Boa Vista do Ramos. O pólo tem defensores públicos permanentes e servidores selecionados entre os moradores do local.

Este ano mais polos da DPE serão inaugurados, o primeiro deles em Itacoatiara. Outros serão instalados em Tefé, Humaitá e Tabatinga. “Já tivemos a presença de defensores públicos no interior, mas padecemos da falta de recursos próprios para manutenção, o que nos deixava em situação de fragilidade e não nos permitiu ficar em definitivo. Hoje, nossa ida é feita com financeiro da instituição e estou certo que quanto mais orçamento tivermos mais benefícios serão assegurados aos nossos assistidos que moram nos municípios do Amazonas”, assegurou o defensor público-geral.

Enquanto prepara os polos, a DPE mantém atendimento aos moradores do interior do Estado no Núcleo de Prática Jurídica da Faculdade Martha Falcão e envia ao interior o Grupo de Trabalho Itinerante (GTI) que, de janeiro a setembro deste ano, já realizou 11,5 mil atendimentos em 17 municípios, incluindo desde ações visando a concessão de pensão alimentícia, reconhecimento de paternidade e criminais.

Composto por sete defensores e defensoras públicas, o GTI foi formado para manter assistência jurídica à população do interior onde não há presença constante de defensor público.


164 visualizações
INSTITUCIONAL
Please reload

DIÁRIO OFICIAL
Please reload

CONSELHO SUPERIOR
Please reload

LEGISLAÇÃO
SERVIÇOS
Please reload

IMPRENSA
Please reload

Please reload

Avenida André Araújo, nº 679 - Bairro Aleixo
CEP 69060-000 | Manaus - Amazonas