Empenho na interiorização da DPE-AM dá ao defensor geral Rafael Barbosa,  título de “Cidadão do Amaz


O sergipano Rafael Vinheiro Monteiro Barbosa, 39 anos, defensor público-geral do Estado, é o novo cidadão amazonense, título entregue nesta quinta-feira, dia 12 de abril, pela Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM). O autor da proposta, aprovada por unanimidade, deputado Platiny Soares (PSB), justificou a concessão do título com o empenho do defensor em buscar recursos na ALE-AM para interiorizar a Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) com a implantação de polos atingindo todas as regiões do Estado.

Para o parlamentar, a confirmação desse fato veio quando soube que Rafael não era amazonense e a proposta dele foi aceita por unanimidade.

Na solenidade, vários deputados se pronunciaram e confirmaram a tese de Platiny. O presidente da ALE, deputado David Almeida (PSB), disse que de tanto ver Rafael Barbosa naquela Casa Legislativa conversando com os parlamentares na busca por mais recursos para a DPE-AM, pensava nele como o 25º deputado em busca de melhorias para o Amazonas.

O deputado Abdala Fraxe (PODEMOS) foi outro que disse acompanhar o trabalho do defensor Rafael Barbosa e a preocupação em levar o atendimento aos menos assistidos.

O deputado Sinésio Campos (PT) destacou que o fato de ter escolhido tomar posse na recondução do mandato no município de Itacoatiara diz tudo a respeito do interesse do defensor geral pelo interior do Amazonas. Também os deputados Luiz Castro (REDE) e Belarmino Lins (PP) afirmaram que Barbosa está escrevendo páginas indeléveis de apreço e trabalho pelo povo amazonense.

O desembargador Ary Moutinho da Costa, representando o Poder Judiciário na solenidade, lembrou que a esposa dele, Maria de Lourdes Lobo da Costa, foi defensora geral do Estado e por conta disso, sabe dos problemas enfrentados pela Defensoria. Moutinho comparou Rafael Bar