Justiça promove curso para legalizar processos de adoção em Parintins


A Justiça, através do Juizado da Infância e Juventude de Parintins realizou na sexta-feira, 28, com encerramento no sábado, 29, o ciclo de palestra e curso para adotantes em Parintins.

Além da 2ª Vara da Comarca de Parintins, estão engajados no projeto, o Ministério Público Estadual, Defensoria Pública do Estado do Amazonas, Comissariado da Infância e Juventude de Parintins, Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh), Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Conselho Tutelar, Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

Os palestrantes do evento foram: o juiz Saulo Góes Pinto que falou sobre “a atuação do Judiciário e o Novo Cadastro Nacional de Adoção”, a promotora Lilian Nara Pinheiro de Almeida e o defensor público Inácio de Araújo Navarro que abordaram o tema “a atuação do Ministério Público e Defensoria Pública no processo de adoção”.

O juiz Saulo Góes explicou que editou, assinou e publicou a Portaria 08/2018, após entrar em contato com Conselho Nacional de Justiça (CNJ), no sentido de obter as informações necessárias e quais os critérios exigidos pelo Cadastro Nacional de Habilitação para pessoas que pretendam adotar crianças e adolescentes na Comarca de Parintins.