Adolescentes do Centro Social Raimundo Parente discutem processo eleitoral e fazem propostas


Uma mesa redonda com o tema “Despertando o senso crítico e a participação política” foi promovida pelo Centro Social Educativo Raimundo Parente, que abriga adolescentes que cumprem medidas socioeducativas, no bairro Cidade Nova, zona norte. Os internos fizeram uma encenação como se fossem candidatos a presidente da República e apresentaram suas propostas para as diversas áreas do País.

Participaram o juiz Luiz Cláudio Chaves, da Vara de Execução de Medidas Socioeducativas da Comarca de Manaus (VEMS) e a defensora pública Juliana Lopes, da Defensoria Especializada em Medidas Socioeducativas da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM).

De acordo com a defensora, a ideia foi mostrar como se dá uma campanha eleitoral, como acontece um debate e o que é importante observar nesse contexto. “Eles aprenderam o que representa cada cargo. Inclusive explicamos qual deve ser o papel de cada político, desde vereador, prefeito, até deputado, senador, governador e presidente da República”, explicou a defensora.

Um grupo de sete adolescentes apresentou as propostas que considera importantes para a educação e outras áreas. Um deles sugeriu a presença de psicólogos nas escolas para atuar antes do menino se envolver com atos infracionais.

O evento teve a participação de familiares dos internos e o propósito foi discutir o processo eleitoral e a necessidade de voto consciente, finalizou a defensora.

#Propostas #Eleições

0 visualização