Oficinas de Parentalidade da Defensoria Pública contribuíram para a realização de 21 acordos em açõe


Última edição de 2018 do projeto que visa a conciliação de famílias em situação de separação será nesta quinta-feira, dia 06, das 9h às 12h, na DPE-AM da Rua 24 de Maio, 321, Centro

O projeto Oficinas de Parentalidade, da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), reuniu 245 participantes ao longo de 2018 e contribuiu para a realização de 21 acordos em ações de família. A última edição do projeto neste ano será realizada nesta quinta-feira, 06, na unidade da Rua 24 de Maio, 321, Centro, das 9h às 12h.

Com um formato de bate-papo, as oficinas são ministradas pelos defensores públicos Helom Nunes e Karoline Santos, que passaram por uma capacitação no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM). A coordenação do projeto é da defensora pública Heloísa Canto. O objetivo é orientar as famílias que passam pela separação do casal, principalmente no que se refere a evitar conflitos para amenizar os desgastes sofridos pelos filhos.

A dona de casa Rebeca Martins da Silva, 28, afirma que a Oficina da Parentalidade fez com que ela refletisse sobre como vinha agindo diante do ex-companheiro, pai do seu filho mais velho, de 12 anos, e com o próprio menino. Rebeca e o ex-companheiro estavam em conflito por conta da pensão alimentícia, que era definida de forma