Defensoria prestigia posse da nova direção do Tribunal Regional do Trabalho


Desembargador Lairto José Veloso substituiu a colega Eleonora de Souza Saunier e vai comandar o TRT/11 no biênio 2018/2020

O defensor público geral do Estado em exercício, Antonio Cavalcante de Albuquerque Júnior, desejou “sabedoria” à nova gestão do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região para superar os desafios que estão postos no que diz respeito aos direitos trabalhistas. Segundo ele, está em curso no País um “desmantelamento da estrutura de proteção ao trabalho”, que precisa ser equilibrada pela balança da Justiça Trabalhista. O comando do TRT/11, que abrange os estados do Amazonas e Roraima, ficará a cargo do desembargador Lairto José Veloso no biênio 2018/2020. Ele substitui a colega Eleonora de Souza Saunier na presidência do tribunal. Os desembargadores José Dantas de Góes e Ruth Barbosa Sampaio tomaram posse nos cargos de vice-presidente e corregedor regional, respectivamente. A solenidade ocorreu na manhã desta sexta-feira (14), no auditório do Ministério Público do Estado (MPE/AM). “Meu mais elevado anseio é administrar o tribunal regional atento aos princípios constitucionais da legalidade, impessoalidade, publicidade e eficiência, o que já implica o irrestrito respeito no trato da coisa pública, e isso vai ser observado”, disse o novo presidente do TRT/11. “Prometo travar diálogo republicano e respeitoso com todos os escalões da administração”, completou. Durante seu discurso de posse, o desembargador Lairto José Veloso anunciou que vai valorizar o quadro de carreira do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região. “Um dos nortes da minha administração será exatamente a ocupação dos cargos diretivos unicamente por servidores do quadro de carreira”, sustentou ele. De acordo com o defensor geral em exercício Antonio Cavalcante de Albuquerque Júnior, o desembargador Lairto José Veloso tem a capacidade e a superação como marcas de sua trajetória na magistratura. “Assim como ele, todos os membros desse poder saberão sopesar positivamente os desafios, de forma que a balança da justiça do trabalho siga em equilíbrio, mantendo sua missão institucional de garantir os direitos trabalhistas”, declarou Antonio Cavalcante.

#DPEAM #TRT #JustiçaTrabalhista

19 visualizações