Defensoria Pública do Estado apresenta programa à Susam que agiliza atendimento e evita ações na Jus


Proposta prevê a desjudicialização de demandas de Saúde

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE/AM) apresentou nesta quinta-feira, 10, um programa à Secretaria de Estado da Saúde (Susam), que agiliza a resolução de demandas da população carente e reduz o volume de ações no Poder Judiciário. O Procedimento Extrajudicial de Saúde (PES) é um sistema online que viabiliza a comunicação direta entre as instituições, promove a desjudicialização e economia de recursos públicos com a extinção do uso de papel, gastos com combustível, veículos e pessoal para levar documentos, além de eliminar a sobrecarga no protocolo da secretaria.

Para o defensor público geral do Estado, Rafael Barbosa, o PES é uma solução adequada para a conciliação de demandas da saúde que, sem resposta, resultam no ingresso de ações na Justiça. “É vantajoso para o assistido da Defensoria e para o Estado. Esse programa visa simplificar a relação e o diálogo entre a Defensoria e a Susam, que sempre foi para atender a população que precisa dos serviços de saúde. O objetivo é fazer com que essa parceria possa atender melhor a população que precisa de atendimento, além de gerar economia, melhorar o serviço oferecido e até abranger mais pessoas dentro do serviço de saúde. O vice-governador e secretário estadual de Saúde, Carlos Almeida Filho, tem visão ampla e sensível a isso e quer desburocratizar esse processo usando a tecnologia a serviço da população”, explicou.