Defensoria atende jovens em audiências concentradas no Centro Raimundo Parente


A defensora pública Juliana Lopes coordenou o trabalho da Defensoria nas audiências

Dez adolescentes que cumprem medidas socioeducativas foram assistidos pela Defensoria Pública do Estado (DPE-AM), nesta terça-feira (25), durante uma rodada de audiências concentradas promovida pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) no Centro Socioeducativo Raimundo Parente.

Na unidade de internação localizada na Zona Norte de Manaus, cinco jovens tiveram a modificação ou arquivamento de medida e um teve audiência remarcada para a próxima sexta-feira (28) porque a mãe dele não estava com documentos. Outros quatro adolescentes tiveram a manutenção da internação decretada com reavaliação da medida em três meses.

Para a defensora pública Juliana Lopes, que coordenou o trabalho da DPE-AM nas audiências, a atividade é fundamental para garantir que os direitos dos jovens não estejam sendo violados.

“A rodada de audiências é muito salutar porque, mesmo nos casos de adolescentes que não são liberados da internação, nós conseguimos analisar a situação em que eles estão e intervir. Conhecemos um menino que se declarou viciado em drogas e queria tratamento, mas ele estava sendo negado pelo Centro de Atenção Psicossocial (Caps). A gente conseguiu a determinação para que ele fosse a tratamento sob pena de multa, por exemplo”, comentou a defensora.

Em junho, a Defensoria Pública também participou de audiências concentradas no Centro Socioeducativo Dagmar Feitosa, na Zona Centro-Oeste, onde foram atendidos cerca de 40 jovens.

#AudiênciasConcentradas #CentroSocioeducativoRaimundoParente #DefensoriaPúblicadoEstadodoAmazonas #jovens #Adolescentes #Atendimentos

27 visualizações
INSTITUCIONAL
Please reload

DIÁRIO OFICIAL
Please reload

CONSELHO SUPERIOR
Please reload

LEGISLAÇÃO
SERVIÇOS
Please reload

IMPRENSA
Please reload

Please reload

Avenida André Araújo, nº 679 - Bairro Aleixo
CEP 69060-000 | Manaus - Amazonas