Polo da Defensoria do Rio Madeira realizou audiências em Novo Aripuanã da área cível e criminal


Defensores e servidores do Polo do Madeira da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), com sede em Humaitá, estiveram esta semana na cidade de Novo Aripuanã, para participar de audiências, totalizando mais de 100 atendimentos tanto na área criminal quanto na área de família, esta gerando acordos como regulamentação de oferta de alimentos, guarda, reconhecimento e dissolução de uniões estáveis e divórcios.

As audiências foram pautadas das 8h às 17h, todos os dias da semana, incluindo notificações e ofícios a órgãos públicos. “Todas as pessoas que procuraram a Defensoria foram atendidas. O nosso objetivo foi sempre tentar resolver extrajudicialmente os conflitos, através da mediação e da conciliação, e conseguimos fazê-lo na maioria dos casos. Apenas quando resta impossível a realização de acordos, ajuizamos as ações cabíveis”, explicou o defensora Gabriela Andrade, que atua no polo.

Em decorrência dos atendimentos, serão ajuizadas ações de manutenção e reintegração de posse, ações de cobrança, ações de restauração e retificação de registro, ações de registro tardio e execuções de títulos judiciais e extrajudiciais, tanto no âmbito cível quanto familiar.

O Polo do Rio Madeira atende também as cidades de Nova Olinda do Norte, Borba, Novo Aripuanã, Manicoré e Apuí, com população estimada em mais de 230 mil pessoas.

#PolodoMadeira #Ações

0 visualização