Campanha arrecada donativos para vítimas de enchente no Acre



Iniciativa é promovida pela Defensoria Pública do Acre e Associação de Defensoras e Defensores Públicos do Estado. Intuito é minimizar impacto sobre as pessoas prejudicadas pela cheia


Diante da situação de enchentes simultâneas atingindo dez municípios do Acre, surto de dengue, aumento do número dos casos de Covid-19 e crise migratória, a Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE/AC) reforçou a campanha Defensoria Solidária, desencadeada no começo do mês de fevereiro para arrecadar donativos para pessoas atingidas pela cheia repentina do igarapé São Francisco. Agora o objetivo é contribuir para minimizar o impacto das enchentes e destas enfermidades sobre a vida de milhares de famílias.


“Estamos nos mobilizando de forma a garantir mais recursos para ajudar o máximo de pessoas neste momento tão difícil que o Acre enfrenta. A ideia é minimizar o impacto sobre a vida de quem perdeu tudo com a alagação e quanto mais nos unirmos melhor. O estado precisa da ajuda de muitos agora", explicou a defensora-geral do Estado, Simone Jaques de Azambuja Santiago.


A ação é uma iniciativa DPE/AC em parceria com a Associação de Defensoras e Defensores Públicos do Estado do Acre (Adpacre), que disponibilizou uma conta bancária para receber doações em dinheiro, e Conselho Nacional de Ouvidorias das Defensorias Públicas.


“Em espírito solidário, a ADPACRE soma esforços à Defensoria Pública e convida defensores e defensoras públicos, amigos, membros da sociedade civil e pessoas jurídicas para participarem desta campanha tão importante. Certamente muitas pessoas e famílias serão ajudadas a partir de nossa união”, enfatiza o defensor público Rafael Figueiredo, presidente da Adpacre.


A ouvidora-geral da DPE/AC e presidente do Conselho Nacional de Ouvidorias das Defensorias Públicas, Solene Costa, disse que “os ouvidores e ouvidoras se solidarizaram com a situação de pandemia, crise migratória e alagações enfrentadas pelo estado. Reiteramos o apoio para contribuir na ajuda humanitária em favor dos irmãos e irmãs acreanos”.


A campanha conta também com o apoio solidário da Defensoria Pública de Rondônia (DPE/RO). “Somos um estado coirmão e estamos acompanhando a situação grave na qual o Acre se encontra. Nos colocamos à inteira disposição para ajudar as pessoas que se encontram neste momento em situação de vulnerabilidade”, ressaltou o defensor público geral da DPE/RO, Hans Lucas Immich.


Nesta segunda-feira, 22, o rio Acre em Rio Branco; rio Juruá em Cruzeiro do Sul; rio Tarauacá em Tarauacá; rio Envira em Feijó e rio Purus em Santa Rosa deram sinal de vazante. Os municípios de Jordão, Porto Walter, Mâncio Lima e Rodrigues Alves não possuem medição por régua, mas os rios também baixaram nestes locais, conforme relatório da Coordenação Estadual de Defesa Civil (Cepdec). A previsão para os próximos dias é de chuva em todo o estado, segundo a Divisão de Meteorologia do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam).


Como doar


As doações para a campanha podem ser realizadas por meio de transferência ou depósito bancário na conta da Adpacre (Agência: 3022-8/ Conta: 25.093-7) ou Pix: 84.330.604/0001-96. E no setor de Humanização da DPE/AC (Sala 104), na sede da Defensoria Pública do Estado do Acre: Rua Antônio da Rocha Viana nº3057.


Texto: Defensoria Pública do Estado do Acre

35 visualizações
INSTITUCIONAL
Please reload

DIÁRIO OFICIAL

E-mail exclusivo para a imprensa:

ascom.dpeam@gmail.com

SERVIÇOS
Please reload

COMUNICAÇÃO
Please reload

LEGISLAÇÃO
Please reload

Avenida André Araújo, nº 679 - Bairro Aleixo
CEP 69060-000 | Manaus - Amazonas