Defensoria empossa nova servidora aprovada em concurso público

Atualizado: Abr 30



O defensor público geral do Estado, Ricardo Paiva, empossou nesta sexta-feira (26), Jéssica Sílvia Lima da Costa, 30, como nova servidora da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) para integrar o quadro efetivo da instituição. A cerimônia de posse foi realizada na sede administrativa da DPE-AM, na Zona Centro-Sul de Manaus, e contou com a presença do subdefensor geral, Thiago Rosas, do diretor administrativo, Rudson Nunes, além dos pais de Jéssica.


Natural de Manaus, Jéssica é formada em Direito pelo Centro Universitário de Ensino Superior do Amazonas (Ciesa), em 2014. Ela foi empossada para o cargo de analista jurídico de Defensoria, na modalidade ciências jurídicas. A nova servidora está entre as aprovadas e aprovados do concurso da Defensoria para provimento do quadro suplementar de servidores da instituição realizado em 2018.



Até ser aprovada no certame, Jéssica trabalhava como advogada em um escritório privado e conta que a área que mais gostava de atuar é a do direito do consumidor. “Estou muito feliz em tomar posse porque esperei muito por esse momento. Espero poder contribuir com o meu trabalho e ser muito eficiente nessa nova jornada”, disse Jéssica.


Ao assinar o termo de posse da servidora, Ricardo Paiva reafirmou o compromisso da Defensoria e destacou a missão da instituição. “Esse é um momento de boas-vindas no qual ressaltamos que a missão da Defensoria é muito nobre e dignifica a alma de todos que compõem a instituição. Porque a gente vê o quão importante é o nosso trabalho e como conseguimos fazer diferença na vida das pessoas. Que a Jéssica seja bem-vinda a esta família e que Deus abençoe sua nova caminhada”, destacou o defensor geral Ricardo Paiva.



O subdefensor geral, Thiago Rosas, parabenizou Jéssica e falou sobre como a Defensoria transforma a vida dos servidores no aspecto da humanização. “Estamos muito felizes com a chegada da Jéssica. Deus tem uma missão para ela na Defensoria. E um dos pontos dessa missão é ajudar pessoas. Ela vai encontrar muitas histórias e realidades que vão moldar a vida dela e torná-la uma pessoa melhor. Sei que vai estudar para seguir a carreira, mas o tempo em que estiver na Defensoria será o tempo que Deus vai usar para humanizar o coração dela ajudando pessoas porque quem passa pela Defensoria se torna uma pessoa melhor”, registrou o subdefensor geral, Thiago Rosas.


Para o diretor administrativo, Rudson Nunes, a Defensoria vai além de suas atribuições constitucionais e a nova servidora irá se surpreender positivamente com a realidade da instituição. “Minha filha perguntou o que fazemos na Defensoria e respondi que ajudamos pessoas. E de forma muito espontânea ela fez outra pergunta. ‘Então o senhor trabalha com super-heróis?’ É dessa forma que nos sentimos trabalhando na Defensoria porque conseguimos ver o resultado das nossas ações de forma efetiva e valiosa na vidas dos assistidos. Tenho certeza que a Jéssica se sentirá assim e aprenderá muito na Defensoria sendo uma agente de transformação para os assistidos”, disse o diretor administrativo, Rudson Nunes.



132 visualizações