Defensoria Pública e Polícia Civil alinham parceria para educação em direitos



Parceria deve ser desenvolvida por meio do projeto Defensoria Prepara, que visa educar em direitos membros de instituições estratégicas à DPE-AM


O defensor público geral do Amazonas, Ricardo Paiva, e o coordenador de Projetos e Programas da Defensoria Pública do Estado (DPE-AM), defensor Rodolfo Lôbo, se reuniram nesta sexta-feira (9), com a delegada geral da Polícia Civil, Emília Ferraz Carvalho Moreira, para alinhar parceria visando educação em direitos para policiais civis. A parceria deve ser desenvolvida por meio do projeto Defensoria Prepara, que tem como foco a qualificação de membros de instituições governamentais com as quais a DPE-AM se relaciona, em especial do sistema de Justiça e da sociedade civil. O encontro ocorreu na sede da Delegacia Geral, no bairro Dom Pedro, zona Centro-Oeste de Manaus.


O Defensoria Prepara pretende aproximar a DPE-AM de instituições estratégicas para aumentar a capilaridade junto à comunidade. Por meio de palestras e cursos, o projeto tem o objetivo de transformar as entidades e instituições em potenciais multiplicadores de Direito. A ideia é também divulgar a Defensoria através da educação em direitos e ampliar o acesso da DPE às redes de proteção nas três esferas de poder.


Na reunião com a delegada geral, o defensor geral Ricardo Paiva ressaltou a importância da atuação conjunta entre instituições para aprimorar a qualidade dos serviços prestados à população. “As atividades são interligadas e, se pudermos nos aproximar cada vez mais para levar soluções à população, é o que devemos fazer. Tanto a Defensoria quanto a Polícia Civil defendem o bem comum”, disse o defensor geral, Ricardo Paiva.


A delegada geral demonstrou interesse em formalizar a parceria por meio de um convênio. “Para nós, é excelente. É uma forma de auxiliar na qualificação dos policiais”, afirmou Emília Ferraz.


A delegada geral também ressaltou que, desde que assumiu o comando da Polícia Civil, vem trabalhando na interlocução com outras instituições. “É importante trabalharmos para estabelecer parcerias e diálogos. Não somos antagônicos. Trabalhamos pelo bem comum. São atividades que se complementam”, disse a delegada, sobre a união de esforços entre a Defensoria e a Polícia Civil.


O defensor Rodolfo Lôbo aproveitou a oportunidade para colocar a Defensoria à disposição da Polícia Civil para outras parcerias e atuações em conjunto.


FOTO: Clóvis Miranda/DPE-AM

53 visualizações