Defensoria Pública suspende atendimento presencial em Manaus nesta segunda-feira (7)

Equipes da instituição entrarão em contato com assistidos que tinham atendimento agendado para que assistência jurídica seja feita de forma virtual


Para resguardar a segurança da população e de todo o seu quadro profissional, a Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) suspendeu o atendimento presencial em Manaus nesta segunda-feira (7). A medida foi tomada diante da série de crimes que se estende pela capital desde a madrugada deste domingo (6).


As pessoas com atendimento presencial marcado para esta segunda-feira, na sede da DPE-AM, serão atendidas de forma virtual. A sede da instituição vem concentrando os atendimentos presenciais, com agendamento prévio. Uma equipe da Defensoria vai entrar em contato, por meio dos telefones informados pelo cidadão no agendamento, para orientar sobre como o atendimento será feito. Os demais atendimentos previstos para ocorrerem de forma virtual, pelo aplicativo Telegram, estão mantidos.


Todo corpo profissional da Defensoria atuará em teletrabalho nesta segunda-feira. Dessa forma, também está suspenso o agendamento de novos atendimentos pelo Disk 129, que é a central telefônica da Defensoria. O cidadão que deseja atendimento jurídico gratuito exclusivamente na área Cível, no entanto, tem a opção de agendar seu serviço clicando aqui. Pelo link, podem ser agendados serviços como pedido de indenização e mandados de segurança, além de ações contra o Estado e Município.


Mulheres vítimas de violência que necessitem dos serviços da Defensoria também podem iniciar atendimento enviando mensagem pelo aplicativo Telegram para o número (92) 98417-3249. O atendimento acontece das 8h às 14h.


Segundo o defensor público geral do Amazonas, Ricardo Paiva, a instituição irá aguardar o direcionamento das autoridades de segurança para avaliar novos posicionamentos diante do momento atual.

94 visualizações