Defensoria propõe parceria ao Exército para reduzir impactos da Covid-19 em comunidades do interior

Atualizado: Mai 26




Iniciativa visa levar ações de conscientização e apoio a municípios longínquos e mais atingidos pela pandemia de Covid-19


O defensor público geral do Amazonas, Ricardo Paiva, e o subdefensor geral, Thiago Rosas, foram recebidos na manhã desta sexta-feira (22) pelo Comandante Militar da Amazônia, General de Exército Estevam Cals Theophilo Gaspar de Oliveira, na sede do Comando Militar da Amazônia (CMA), localizado na avenida Coronel Teixeira, bairro Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus, em visita de cortesia à corporação.


Participaram do encontro o general de Brigada Moacir Rangel, Chefe do Estado-Maior do Comando Militar da Amazônia; o general Omar Zendim, chefe do Centro de Coordenação e Operações; e o contra-almirante Roberto Lemos, chefe do Estado Maior Conjunto.


Durante a visita, Ricardo Paiva e Thiago Rosas apresentaram ao comandante militar da Amazônia a preocupação da Defensoria com o avanço da Covid-19 em municípios do Amazonas e propuseram parceria para reduzir os impactos da doença em cidades como Benjamin Constant, Tonantins, Santo Antônio do Içá e Jutaí, por exemplo, cuja a localização geográfica dificulta a chegada de serviços essenciais.


Na reunião, ficou acordado que a Defensoria e o Exército poderão atuar juntos, pontualmente, em alguns municípios do Amazonas, a fim de minimizar os impactos da pandemia de Coronavírus em cidades longínquas e mais afetadas, especialmente com campanhas de conscientização. O CMA irá avaliar, ainda, a possibilidade de levar a essas cidades Ações Cívico Social (ACISO), atividades de caráter temporário com assistência e auxílio a comunidades.


“Inicialmente, nós colocamos a Defensoria à disposição do Exército, das Forças Armadas, e o general Theophilo recebeu isso com muita atenção e também colocou o Exército à disposição”, comentou Ricardo Paiva. “Nós também trouxemos demandas de Tabatinga e de Tefé, que pedem o apoio aos municípios que são próximos, como Santo Antônio do Içá, Tonantins, Jutaí, para que, de alguma forma, nós tenhamos a ajuda do Exército lá, tendo em vista que são cidades muito atingidas nesse momento pela pandemia”, pontuou.


“O general Theophilo também sinalizou com a possibilidade de dar apoio com uma mini-ACISO, no sentido de permitir que uma equipe do Exército, com enfermeiros e talvez até médico, vá ao município, ao mesmo tempo em que a gente fará uma parceria com prefeituras, para que, de forma conjunta, possamos levar à população orientação, palestras, verificação de temperatura, atendimentos básicos, porque a gente sabe que as necessidades desses municípios são grandes. Certamente, esse apoio na ação social será muito importante para aquela população que não têm leitos de UTIs, não tem respiradores, e que têm uma carência muito grande por esse tipo de serviço”, disse Ricardo Paiva.


O subdefensor geral, Thiago Rosas, avaliou como frutífera o encontro e louvou a disposição do Exército em contribuir. “O Exército é uma das instituições mais respeitadas no Brasil e a Defensoria Pública também é uma das instituições que mais tem confiança do povo brasileiro. Unir Exército e Defensoria é sinônimo de unir duas forças da confiança da população”, sustentou Rosas. Ele lembrou que o casamento coletivo indígena, realizado em fevereiro deste ano no interior do Amazonas, em parceria com diversas instituições, inclusive o Exército, é “prova efetiva” de que as novas parcerias podem render bons resultados.


“O CMA se propôs a levar uma equipe para fazer esse trabalho de conscientização nos locais mais necessitados. Nós temos situações em Benjamin Constant, Tonantins, Santo Antônio do Içá, Jutaí e demais comarcas onde existe um sinal acima do vermelho com relação à questão da infecção de Coronavírus. O trabalho do Exército junto conosco será de conscientização da população carente, que necessita entender que agora é um tempo de ficar longe um do outro, de ter higienização e ser preservar em casa”, disse Thiago Rosas.


O comandante Militar da Amazônia agradeceu a visita e garantiu que o Exército não faltará com o apoio aos mais necessitados. “É muito importante recebermos a visita da Defensoria Pública, como de qualquer outra instituição, quer estadual, quer federal, porque, particularmente nesse momento difícil pelo qual estamos passando, isso nos abre uma nova oportunidade de apoio”, afirmou o general Theophilo.


“Tudo aquilo que a gente possa apoiar em qualquer área, quer seja área jurídica, de saúde, de apoio logístico, que nós tenhamos condições, e possamos fazer, nós estamos abertos. A gente agradece a iniciativa do defensor, de ter vindo aqui, porque nos abriu mais uma oportunidade. Inclusive, a gente deve fazer uma parceria para apoiá-los nos municípios mais carentes e mais afastados do nosso Amazonas”, concluiu.


Foto: Clóvis Miranda/DPEAM

144 visualizações
INSTITUCIONAL
Please reload

DIÁRIO OFICIAL
Please reload

CONSELHO SUPERIOR
Please reload

LEGISLAÇÃO
SERVIÇOS
Please reload

IMPRENSA
Please reload

Please reload

Avenida André Araújo, nº 679 - Bairro Aleixo
CEP 69060-000 | Manaus - Amazonas