Defensoria recomenda a Estado e Município de Parintins garantia de atendimento a gestantes



Serviço vem sendo prestado somente no Hospital Padre Colombo, o que gera sobrecarga de atendimento e demora na assistência às pacientes


A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) no Polo do Baixo Amazonas, recomendou, no dia 20 de setembro de 2021, que o Estado do Amazonas e o Município de Parintins garantam providências para proporcionar o atendimento de qualidade e humanizado a todas as gestantes que buscam o sistema público de saúde do Município de Parintins.


Após inspeção realizada no Hospital Padre Colombo, no dia 16 de setembro deste ano, pelas defensoras públicas que atuam no município, foi verificada elevada sobrecarga de atendimentos obstétricos que, dentre outras situações, contava com, aproximadamente, 10 gestantes em trabalho de parto esperando nos corredores do hospital em decorrência da superlotação e ausência de vagas.


A recomendação tem como objetivo principal garantir o acesso ao atendimento de qualidade às gestantes que buscam o serviço público de saúde através da adequação nas dependências do Hospital Jofre Cohen diante da sobrecarga e falta de estrutura física do Hospital Padre Colombo para o atendimento da elevada demanda.


De acordo com a defensora pública Enale Coutinho, a recomendação objetiva o estabelecimento de diálogo com o Estado e Município para que sejam traçadas com urgência estratégias a fim de garantir o atendimento digno às mães e aos recém-nascidos. Ressalta ainda que o acesso ao Sistema Único de Saúde (SUS) é universal e é dever de todos garantir a prestação de saúde eficaz a todas as gestantes que buscam o serviço no município.


Segundo a defensora pública Lívia Azevedo, desde o início de agosto deste ano, o Hospital Padre Colombo comunicou acerca da diminuição dos leitos de internação disponíveis para atendimento obstétrico e ginecológico, em razão da realização de reforma para reparo estrutural do Hospital.


Ainda de acordo com a defensora, no início da pandemia causada pela Covid-19, o Hospital Padre Colombo passou a realizar todos os partos na cidade de Parintins, haja vista a necessidade de concentrar os atendimentos e internações de pacientes com Covid-19 no Hospital Regional Jofre Cohen.


“Ocorre que não subsiste mais a situação em questão, considerando que o município reduziu consideravelmente as internações decorrentes de pacientes com Covid-19”, afirmou Lívia Azevedo, explicando uma das alternativas para o desafogamento da demanda de atendimento a gestantes em Parintins.


Foto: Divulgação/Prefeitura de Parintins

48 visualizações