DPE-AM, MP-AM e IMMU discutem ações para gerar maior fluidez no trânsito no acesso a shoppings

Atualizado: 18 de nov. de 2021



Representantes do Núcleo de Defesa do Consumidor da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (NUDECON/DPE-AM), Ministério Público do Estado (MP-AM) e Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) se reuniram nesta quarta-feira (17), junto com representantes dos shoppings de Manaus para debater medidas que garantam uma maior facilidade e segurança aos clientes nas chegadas a esses estabelecimentos. A reunião foi realizada na sede administrativa da DPE-AM, na Zona Centro-Sul de Manaus.


“Queremos evitar ações isoladas dos órgãos com os shoppings, por isso essa primeira reunião. O intuito é que a cada ano melhore, não só em datas importantes para o comércio. O sentido da reunião é fazer algo institucionalizado”, afirma o defensor Christiano Pinheiro, coordenador do NUDECON/DPE-AM.


As ações permitiriam um acesso facilitado as entradas dos shoppings que possuem diversas reclamações pelo acesso ser feito de forma desorganizada e assim impedindo os clientes de entrarem de forma segura.


De acordo com Sandro, representante do IMMU, as reclamações por conta da falta de organização na frente dos shoppings vêm relacionada com os motoristas de aplicativo que preferem parar na entrada dos shoppings para a entrada e saída de passageiros.


“Precisamos entrar em um consenso e criar meios de conscientizar e mudar essa cultura de ficar em frente aos shoppings” disse o representante do IMMU, Sandro.


O defensor Christiano Pinheiro se prontificou a notificar as representantes dos aplicativos de motoristas em Manaus para futuras reuniões.


Fotos: Clóvis Miranda/DPE-AM







57 visualizações