Mutirão de atendimentos realizado pela DPE-AM acontece em Canutama

Mais de 90 atendimentos foram realizados nas áreas da família, civil, criminal, entre outros

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) atendeu 92 pessoas entre os dias 22 e 24 de março, em mutirão realizado na cidade de Canutama, a 614 km de Manaus.


No dia 22 de março, primeiro dia de trabalho do mutirão, foram realizados presencialmente nas instalações do cartório eleitoral de Canutama um total de 39 atendimentos, com serviços na área da família, civil, criminal, entre outros.


Já no segundo dia de mutirão uma inspeção no 62° DIP - Distrito Integrado de Polícia em Canutama foi realizada entre 9h e 12h, com atendimento a 13 pessoas com o direito de liberdade cerceado. Entre às 14h e 18h o mutirão teve prosseguimento e foram realizados 17 atendimentos.


A defensora pública Mariana Paixão, durante o dia 24 de março ficou responsável pela realização de reuniões com as autoridades locais (Conselho Tutelar, Fórum, Cartório Extrajudicial, CREAS, CRAS, Secretaria de Saúde, Secretaria de Educação, Setor de Terras, com os respectivos servidores e secretários) e concessão de uma entrevista à rádio local.


A defensora Mariana explica a importância desse tipo de atendimento em comunidades mais remotas. “Foi uma viagem muito produtiva principalmente para a Defensoria se fazer conhecida lá, porque embora nós tenhamos o polo em Lábrea e façamos as audiências e tenhamos contato com os órgãos públicos de lá, a população em si nunca tinha visto a cara da Defensoria. Grande parte da população não sabe ler ou escrever, não tem nem telefone, não tem acesso à internet e moram em comunidades um pouco mais distantes, então é difícil pra elas visualizarem que existe a defensoria e que a defensoria está lá por elas”

57 visualizações